Médicos e diretor de hospital em Redenção são detidos por vender partos no SUS

Grávidas disseram à polícia que pagaram até R$ 3 mil por parto em hospital. Diretor e funcionários também estariam envolvidos em abortos ilegais.

Sexta-Feira, 19 de Fevereiro de 2016 | 12:21hs | 1.605 visualizações | comentários
Fonte: G1
Divulgação
Publicidade: Anuncie
Anuncie

Notícias + Acessadas

Deixe seu Comentário ()
Saiba Mais
Notícias Relacionadas
Acessos Globais:
© 2010 - 2022 - Carajás Tudo de Bom